quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Atualização de documentos

Bom, mes amis.. hoje é coisa rápida.
Apenas pra deixar registrado que sexta feira dia 21/10/16 eu entrei no site do CIC e informei a eles que eu havia tirado um novo passaporte, para que meu processo fosse atualizado.
Teve gente que disse que não era preciso fazer isso e realmente, não achei nada no site deles falando sobre atualização de passaporte no meio do processo, mas resolvi informar mesmo assim. Vai que eu informando eles sobre a atualização do passaporte eles pensam: vamos aproveitar e mexer no processo desse moço (quem me dera)... Enfim...
Ontem, dia 25/10/16 recebi e-mail informando que receberam meus "documentos".
Foi super rápido e espero ter novidades boas em breve, muito em breve, tipo hoje mesmo..
À bientôt...

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Por que o processo de imigração é silencioso?

Bom mes amis, caso fique um post meio grande, perdão, mas será necessário.
Todos nós temos os nossos motivos de deixar esse processo de imigração no sigilo que julgamos necessários, e os meus são:


  • Evitar perguntas de "quando irei embora";
  • Evitar que os meus chefes e patrões fiquem sabendo;
  • Evitar um sofrimento antecipado por parte de quem amamos / nos ama;
  • Evitar o negativismo dos menos avisados;

Este último foi o que me motivou a escrever este post de hoje, então, me ajudem a digerir isso, pois está difícil. Antes de ler a conversa, vamos às seguintes considerações:

  • Em toda minha a vida, eu tive apenas 2 contatos com ele, que não duraram nem 5 minutos cada e estes contatos foram à 15 dias atrás;
  • Ele é um cara na casa dos seus 50 anos;
  • Ele é um cara bem graduado, com mais de duas pós graduações e inúmeras especializações;
  • Não pedi a opinião dele;
Vamos a história de hoje:

Estávamos conversando sobre meus desenhos (pois eu faço desenhos de fotos, aquarelas e derivados) e ele super revoltado por eu ser analista de sistemas e desenhar da maneira que eu desenho (como se os meus desenhos fossem algo de outro mundo). Ele falando e falando que eu tinha que me mudar pra São Paulo, pois em cidade grande se tem mais chances, oportunidades e mais possibilidades do que a cidade que eu moro ( tô cansado de saber disso). De tanto ele falar pra me mudar, eu disse:

Eu: ano que vem eu devo me mudar sim, só que não é pra SP não, vai ser pro Canadá.

Bom, pessoal, podem ser agora e tirar as suas próprias conclusões:



Sabe qual é a conclusão que eu tiro disso tudo: não adianta; a pessoa pode ser a mais graduada do mundo que nenhuma faculdade vai abrir a mente de quem quer continuar na inércia e ter a mente pequena. Foram milhões de anos de evolução pra evoluir até esse ponto? Nem minha mãe que tem até o quarta série do fundamental é tão retrógrada desse jeito.
O que me deixou mais puto não foi esses comentários dele, foi ele achar que eu sou ingênio ao ponto de cair na lábia de qualquer propaganda que a gente encontra por ai, que acredito em qualquer fonte, que não sei me virar.
A dona minha mãe me ensinou a ser educado, cortês com as pessoas. Minha vontade era de falar assim:

Eu: Cara, não lembro de ter solicitado a sua valiosa opinião sobre este assunto!

Mas eu respondi o seguinte:

Eu: Bom, Darth Vader, cada pessoa tem uma opinião sobre os assuntos. Esta é a sua. Eu realmente agradeço e vou levá-la em consideração! Obrigado por "abrir os meus olhos".

Muita das vezes eu argumento com as pessoas sobre o meu ponto de vista, mas nesse assunto de hoje, eu achei mais prudente deixar ele com a opinião sábia sobre a experiência de vida que nem dele é. O que não mudou em 50 anos não iria mudar em 5 minutos de conversa, isso não seria igual Brasília, 50 anos em 5.

Sei que as "intensões" dele foram as melhores, mas não foi a mais certa, não usou as colocações certas, não usou a intimidade, que ele nem tem, na dose certa.

Depois disso, eu e meu namorado temos um motivo a mais de sermos sucesso no Canadá, pra mostrarmos pras pessoas negativas, que quando algo é sonhado, planejado, pensado e idealizado, é possível sim ter o sucesso desejado.

Não estamos indo pro Canadá pra nunca mais voltar. Cogito a ideia de voltar pro Brasil sim, só que não agora ou pelo menos pros próximos 5 anos. Nunca se sabe o dia de amanhã. Queremos aproveitar essa oportunidade para estudarmos, pós graduarmos, conquistar coisas no exterior e, no caso de algum retorno ao Brasil, podermos ser melhores colocados no mercado de trabalho. Este é o nosso projeto.

Enfim pessoal, quanto mais no sigilo esse processo ficar, melhor pros nossos ouvidos.

PS: "cair nessa cilada" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk




sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Meu check list de despedida

Bom, mes amis... já que os processos não estão andando de jeito nenhum, estou resolvendo pequenas coisas, que me comeriam um bom tempo depois e estas coisas são:


  1. Tirar novo passaporte: meu passaporte iria vencer em 07/2017 e por isso, resolvi já fazer um novo, ainda mais que agora vale poe 10 anos. Pegarei ele na semana que vem;
  2. Tirar uma nova identidade: minha identidade é a mesma desde sempre, desde os meus 11 anos. De lá pra cá eu mudei tanto que nem parece ser a mesma pessoa, por isso, mesmo a identidade sendo um documento pouco usado, depois que tiramos a CNH, resolvi fazer um novo;
  3. Dentista: fiz um check-up completo na minha boca e pretendo fazer agora, outra limpeza nos dentes, só que antes de partir daqui, pois nessa demora que está, vai dar 6 meses da última limpeza;
  4. Vender coisas: coloquei os meus poucos pertences que posso e tenho para vender, vamos ver no que vai dar;

Está faltando eu resolver: 

  1. Oftalmologista: quero fazer um último exame antes de ir embora, pra ver o grau dos meus óculos estão estabilizados ou se preciso aumentar um pouco, pois isso na minha família sempre acontece;
Não estou contado com exames médicos nem nada relacionado ao processo, pois são coisas que serei obrigado a fazer. Despedidas também não entrarão no meu checklist, pois não pretendo fazer igual a maioria faz: festinha com parentes, festinha com amigos, festinha com o pessoal do trabalho, nada disso, despedirei pessoalmente de quem eu achar que é viável e os demais, poderão me acompanhar nas minhas redes sociais.

É isso pessoal, esse post foi mesmo pra encher linguiça, já que meu processo está congelado.

À bientôt...