domingo, 14 de dezembro de 2014

Estamos seguros??

Bom...
Pra quem não sabe, eu moro numa cidade de 220.00 habitantes, o que pra grande maioria é uma cidade pequena e pra essa mesma grande maioria estamos bem seguros nessa mesma cidade de 220.000 habitantes. Sinto informar, mas não estamos.
Ultimamente está tendo uma onda de assaltos imensa aqui na cidade: carros, motos, casas, bares, etc.. Está ficando um caos. É lógico que em cidades grandes, essa proporção é muito maior, mas pra nós, que somos acostumados com um ritmo menos frenético, já está beirando o insuportável, pois ultimamente não temos segurança nem em sentar num barzinho familiar.
Em frente minha casa tem um barzinho super familiar, desses bem aconchegante e tal, e ontem fizeram arrastão nele, roubando todos os clientes que estavam lá. Cadê a segurança? Cadê a tranquilidade? Cadê o direito de ir e vir?
Esses dias eu estava conversando com minha mãe sobre essa questão da violência, que está ficando perigoso sair de casa e tal, daí soltei pra ela que era por isso que eu estou "vazando" do Brasil, pois eu acho um desaforo sermos obrigado a viver num país onde pagamos todos os tipos de "seguros obrigatórios", impostos altos e ainda sermos "obrigados" a fazer seguro particular de casas e carros, pro caso de um possível assalto, o prejuízo material ser menor. Hoje minha mãe fala que está começando a acreditar que eu estou fazendo a escolha certa pra minha vida, em viver em um país onde se paga imposto e tem o devido retorno sobre isso, não que o Canadá seja perfeito, longe disso, mas é um lugar onde, teoricamente, se tem mais tranquilidade de ter o direito de ir e vir.
Só queria mesmo desabafar, já que o BIQ não me faz o favor de me mandar boas novas, mas sei que a cada dia minha vontade de ir embora do Brasil aumenta, e aumenta e muito...

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Meus documentos chegaram ao destino

Bom pessoal..
Apenas para fins de documentar, ontem (03/12/14) meus documentos chegaram ao BIQ, de acordo com o e-mail abaixo:


Rastreio México
Como tudo junto ao BIQ e eu tem que ter uma pequena emoção, no primeiro dia que o carteiro foi entregar ao BIQ, simplesmente não foi recebido, pois o status que o correio do México colocou foi que tentou entregar, porém sem sucesso e iam tentar novamente.
Pra evitar alguma possível zica enviei e-mail pro BIQ com o print do status e tal, me responderam pedindo pra entrar em contato com o correio. Eu não entrei em contato, apenas esperei um dia a mais e os documentos chegaram (IELTS e mais experiencias de trabalho).
Agora, teoricamente o BIQ não me pedirá mais documentos, pois com essa atualização que fiz agora, meu dossiê está com 50 pontos, mas vindo do BIQ, não descarto a possibilidade de ele fazer merda e me pedir mais alguma coisa.
No mais, é continuar no purgatório da imigração provincial esperando e esperando a boa vontade desse..

À bientôt

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Documentos prontos...

Bom mes amis..
Hoje ou amanhã enviarei ao BIQ os documentos para atualizar meu dossie, pois como nao é novidade e eu já tinha postado aqui, atingi apenas 44 pontos devido as mudanças de regras.
Sem choradeira dessa vez, estou enviando e pronto pra continuar no purgatório da imigração canadense mais uma vez...
Até breve...

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

TCF-Q, IELTS e Pontuação. Será que agora vai?

Bom pessoal, acabou de sair fresquinho do forno meu resultado do IELTS que fiz dia 18/10/14 AQUI, não foi um notasso, mas foi o que eu precisava pra mandar pro merda BIQ. Então, vamos a história:
No dia que fui em BH fazer o IELTS eu passei na Aliança Francesa e pegue meu TCF-Q, que não foi nada bom por sinal, pois a nota foi a seguinte:
Compreensão Oral: B1
Expressão Oral: B1
Compreensão Escrita: B2
Expressão Escrita: B1
Resumindo: não vou mandar pro BIQ esse TCF-Q porque se avaliarmos, minha nota abaixou do TCF-Q de 2012 pra esse último.

Fiz o IELTS na sexta e sábado e minha nota foi a seguinte:

Resultado IELTS
Beleza, agora vou analisar o que o Sr. BIQ me pediu. Esse aqui foi o e-mail que ele me mandou da minha pontuação e também algumas "dicas" sobre o que fazer pra alcançar a pontuação necessária:
Minha Pontuação Atual

Dica do BIQ

Dica do BIQ
*A única coisa que discordei e discordo é o quesito âge, pois o BIQ tinha me pedido antes o ORIGINAL  da tradução da certidão de nascimento e eu já mandei pra ele, mas enfim, isso é o de menos, apesar de parecer mais um "alerta" e não uma "falta de alguma coisa", já to mandando outra via pra satisfazê-los, mesmo informando que eu já enviei isso outra vez (fazer o que,melhor eu pedir desculpas pelo erro deles do que ser negado por uma bobeira deles)
*Como o Francês não consegui uma pontuação boa, não vou mandar nada.
*Sobre a experiência de trabalho: não sei qual foi a conta louca que eu fiz quando fui enviar meus docs pro BIQ, mas enviei pra ele 45 meses de experiência ( isso porque questionei o BIQ e me explicaram via e-mail direitinho pelo menos isso). Estou mandando agora mais 2 anos de experiências do meu trabalho atual pra poder computar os 48 meses totais para me somar mais 2 pontos.
*IELTS: com minha pontuação mostrada acima, consigo mais 4 pontos.
Minha pontuação ficará da seguinte maneira:
Minha Pontuação que será enviado pro BIQ

Agora, depois que meus documentos atualizados chegarem no México e a eterna espera continuar, porque sou capaz de apostar que só lá pra final de 2015 o BIQ dará as caras por aqui de novo, vou tentar melhorar minha nota no Francês, porque teoricamente, se eu conseguir o famoso B2 na Compreensão Oral, que foi onde "pequei" pelas mudanças de regras, consigo o CSQ em casa, TEORICAMENTE tá gente...
Pelo menos eu tirei um peso dos meus ombros, pois agora eu tenho pontos pra entrevista, mas ainda não desisti de não ter que enfrentar uma entrevista, mas isso será pra outros capítulos, só sei que hoje estou indo dormir com uma sensação boa, de que o Canadá se tornou um pouco, pelo menos só um pouco mais próximo de mim...

domingo, 19 de outubro de 2014

Relato IELTS Outubro

Bom pessoal, vou deixar aqui o relato do meu teste IELTS, pois pode ser de utilidade pra aqueles que pretendem fazê-lo, independente de seu propósito. Então, let's go:

Primeira coisa que temos que decidir no momento da inscrição é qual teste fazer, se será o Ielts Academic ou o General. Por motivos "imigrativos" eu fiz o General, a inscrição é toda online diretamente no site da British Council e no momento da confirmação da inscrição, o pequeno pagamento investimento de R$500,00 é feito. Muito importante na hora da inscrição você ter um scaner de ser passaporte ou identidade, pois a inscrição não poderá ser feita com outros documentos.

É obvio que saber falar inglês é fundamental para termos uma boa nota, ou pelo menos, no meu caso, nota para pontuar algo e enviar pro BIQ, mas tão importante quanto saber o inglês é se preparar para o formato desta prova. Caso algum candidato vá fazer este teste sem conhecê-lo, as chances de ficar perdido são grandes, pois isso, está AQUI , AQUI , AQUI  , AQUI AQUI  onde eu fui me preparando. Claro que muito filme legendado, seriado, música sempre são um plus pra gente...

Pois bem, sexta-feira fiz o Speaking , onde este Link Aqui foi bem, mas bem fiel a experiência que eu, Tiago, tive.
Resumindo: eu tive que falar meu nome completo, se trabalho ou não, o que eu faço no meu trabalho e explicar o porque estou feliz com minha profissão. Após, tive 1 minuto pra me preparar e explicar pra examinadora Quem era a pessoa em que eu me inspiraria pra ser no futuro e dizer os devidos porquês. Após este bate papo, ela começou a me questionar sobre pessoas famosas: Quem era algum famoso atualmente no Brasil que influenciava as crianças de hoje, se eu acho que empresas usarem este famoso influencia em o que as crianças pensam sobre ele, essas coisas. Como não me veio ninguém na mente, usei o Neymar como exemplo.
O que achei: a organização desta parte foi excelente, nem se comparando ao TCF-Q, a entrevistadora me deixou completamente à vontade, foi literalmente um bate papo. Claro que o nervosismo conta um pouco, mas a entrevistadora fazia questão de demonstrar interesse no assunto em que eu estava falando, rindo e expondo uma cara de aprovação ou não de minha opinião, Achei isso importante.

No Sábado fiz os restantes das provas, começando com o Listening as 13:00 e finalizando as 13:40. E foi mais ou menos assim:
Resumo: são 40 questões, os áudios vão sendo soltos para respondermos de 3 em 3, 5 em 5, sem muito padrão. Algumas questões temos que escrever palavras que estamos entendendo, outras letras, outras apenas marcar qual é a correta. Após o término dos áudios, que dura uns 30 minutos, a gente tem 10 minutos pra passar as respostas para a folha de respostas (answers sheet).
O que achei: achei que conhecer o formato e ter feito vários simulados me fez muito bem e achei a prova compatível com os simulados que encontramos na internet, pois não começa com questões fáceis e vai dificultando com o passar das perguntas, é um teste onde a complexidade de tudo era igual, pois irão avaliar nossa interpretação nos áudios + conhecimento. Sei lá, achei isso.

Após este teste foi a vez do Reading, começando as 13:50 e finalizando as 14:50.
Resumo:  eram alguns textos, um pouco grandes onde tínhamos que ir, ou marcando qual era a resposta correta nas perguntas, ou informando em qual parágrafo estava a afirmação da questão, ou para informarmos sobre False, True ou Not Given ou então completarmos com alguma palavra faltante.
O que achei: achei o tempo meio puxado, pois se ficarmos preso muito em uma interpretação que não estamos entendendo, aí f&*%eu e esta etapa não temos tempo extra pra poder marcar no answers sheet.

Após este foi o Writing durando de 15:00 as 16:00:
Resumo: fora duas redações. A primeira, que valia menos pontos era pra produzir um texto com no mínimo 150 palavras sobre o seguinte assunto: Eu era cliente de um café e após o dono ter colocado cadeiras e mesas na parte de fora do mesmo, alguns clientes não voltaram lá mais. Eu teria que escrever uma carta explicando o porque os clientes estão deixando de ir lá, quais os problemas foram causados com as cadeiras e mesas no lado de fora, qual medida eu propunha pra solucionar este empasse e também explicar que se ele não tomasse nenhuma medida quanto a isso, o que eu iria fazer para que ele atendesse minhas sugestões.
A segunda era um texto de no mínimo 250 palavras, com um peso maior na avaliação com o seguinte assunto: expor sobre o que eu acho melhor: expor para as pessoas que eu gosto meu carinho através de presentes ou de outras formas, explicar sobre minhas experiências em cima disso, argumentar, dar exemplos e expor minha opinião sobre o que eu acho melhor.
O que achei: achei o tempo também a conta pra produzir os textos, pois no começo, quando estão dando as instruções, elas orientam a gastar 20 minutos na primeira e 40 na segunda, devido a complexidade que o segundo texto pede pra gente. Esta etapa também não temos tempo extra pra passar para o answers sheet.

Resumão Geral: extremamente importante escutar tudo que os examinadores falam, pois eles vão explicando parcialmente todas as instruções, tudo com muita clareza e organização. Não deixam a gente  entrar na sala do exame com nada mais que: lápis ou lapiseira, borracha sem capinha, garrafinha d'água transparente sem rótulo e nada mais.Todos os pertences foram deixados em outra sala, as carteiras já estavam com nossas informações de inscrição em cima das mesmas, tudo devidamente separado pra evitar colas, reconhecimento por digitais. Estão realmente de parabéns pela organização, fazendo valer os R$500,00 da inscrição. Quem dera que os testes de francês fossem assim...

Enfim, fiquei satisfeito com meu desempenho, mas é tudo muito relativo, pois pode ser que eu tenha achado que fui bem e na verdade não fui, só sei que o resultado sairá em 13 dias.

Espero ter ajudado caso alguém pretenda fazer este teste. Os materiais que achamos no Youtube achei bem fiéis a prova real que fiz. Não é igual a TCF-Q que chega um determinado momento a gente já não compreende mais nada.
Só lembrando que eu fiz o IELTS General. Sobre o Academic, não sei se é exatamente o mesmo padrão ou não...

Caso alguém queira acrescentar alguma experiência ou comentário, à vontade, como sempre...

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Jogos nas bibliotecas publicas.

         


              Uma coisa que achei muito bacana aqui em Montreal, é a rede de biblioteca públicas. Existe uma biblioteca central que é maior e independente das outras, e outras dezenas espalhadas pelos quartiers. Basta mostrar uma prova de residencia e mais algum documento de identidade para fazer gratuitamente a carteirinha e usufruir de todo o acervo gratuitamente.
Se não me engano você pode pegar emprestados livros por 21 dias e jogos/filmes por 7 dias, ambos podendo renovar.

Ainda vou fazer um post sobre minha mudança de moradia, mas há 10 dias eu estou morando ao lado da biblioteca Marc Favreau Foto. Marc Favreau era um comediante quebecois que fazia peças de teatro e series de comédia unindo humor com a "pratica" da língua francesa. 

A prefeitura de Montreal disponibiliza online uma ferramenta de buscas, como eu sou um viciado em jogos. Já deixo mastigado a buscas de jogos para as principais plataformas que a biblioteca oferece (Marc Favreau).


Wiiu => https://nelligan.ville.montreal.qc.ca/search*frc/a?searchtype=Y&searcharg=wii+u&searchscope=68&extended=0&SORT=D&submit.x=0&submit.y=0&submit=Chercher

Xbox one => https://nelligan.ville.montreal.qc.ca/search~S68*frc/?searchtype=Y&searcharg=xbox+one&searchscope=68&SORT=DZ&extended=0&SUBMIT=Chercher&searchlimits=&searchorigarg=Ywii+u%26SORT%3DD

Ps4 => https://nelligan.ville.montreal.qc.ca/search*frc/a?searchtype=Y&searcharg=playstation+4&searchscope=68&extended=0&SORT=D&submit.x=0&submit.y=0&submit=Chercher

Xbox 360 => https://nelligan.ville.montreal.qc.ca/search~S68*frc/?searchtype=Y&searcharg=xbox+360&searchscope=68&SORT=DZ&extended=0&SUBMIT=Chercher&searchlimits=&searchorigarg=Yplaystation+4%26SORT%3DD

Ps3 => https://nelligan.ville.montreal.qc.ca/search~S68*frc/?searchtype=Y&searcharg=Playstation+3&searchscope=68&SORT=DZ&extended=0&SUBMIT=Chercher&searchlimits=&searchorigarg=Yxbox+360%26SORT%3DDZ



segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Relato TCF-Q Setembro

Bom pessoal, como todos aqui devem saber, hoje foi o dia de fazer de novo o TCF-Q. Vou dar uma resumida aqui em como foi a prova:
Minha prova estava marcada para as 13h30, o que teve seu lado positivo, pois deu pra poder ir trocando ideias com o pessoal de outros estados, que fizeram a prova de manhã, então fui meio que preparado.
Eu fiz as 4 competências do TCF-Q e foram da seguinte maneira:

Compreensão Oral: pra mim a parte mais difícil de todas, pois chega uma hora que o áudio é tão difícil e tão rápido que não dá pra entender nada. Agora é rezar pra pelo menos ter tirado um B2. Mudanças: agora são 29 questões e não existe mais aquela coisa de ter um áudio pra responder a duas perguntas.

Compreensão Escrita: foi tranquila porque quando a gente não entende, voltamos, fazemos uma nova leitura...

Expressão Escrita: produção de 3 textos. O primeiro foi sobre: mandar um e-mail pra um amigo informando que iria para o país que ele mora e perguntando sobre informações sobre alugar algum lugar pra ficar. Usar entre 40 a 80 palavras. O Segundo texto foi sobre : mandar um e-mail para os alunos de uma escola informando toda a programação de um curso francófono que eles vão fazer na escola que sou diretor. Usar entre 120 a 160 palavras. O terceiro texto, mais difícil de todos foi dividido em dois documentos: dois documentos falando sobre beleza, procedimentos para melhorar a beleza e como a sociedade hoje em dia quer parecer mais jovem do que é e tive que produzir dois documentos com meu ponto de vista sobre estes assuntos. Usar de 40 a 60 palavras para o primeiro documento e de 60 a 80 palavras para o segundo documento.

Expressão Oral: foi completamente diferente do formato antigo. Agora são apenas 3 "perguntas" que são mais como um bate papo. A primeira tive que me apresentar, falar de mim, minha casa, cidade, coisas que gosto de fazer, bla bla bla... em apenas 2 minutos. A segunda foi uma troca de informações com a entrevistadora, onde eu tive 2 minutos pra me preparar,  e 3:30 min para poder demandar perguntas sobre a cidade que ela mora, pois eu iria passar um tempo lá, daí perguntar coisas sobre lazer, transporte, o que fazer, clima, entre outros, tudo que poderia fazer na cidade dela como turista. A terceira foi responder em 4:30 min qual era o meu ponto de vista sobre as pessoas irem buscar crescimento profissional e pessoal em um país estrangeiro e explicar o que eles mais buscam nestes países.

Bom, apesar das mudanças, gostei.. Principalmente da mudança na expressão oral,, achei mais fácil de expressar nosso conhecimento. Espero mesmo que eu consiga um B2, principalmente na compreensão oral, mas sei lá viu..
O que me conforma é que vou enviar mais 2 anos de experiência profissional, o que me dará mais 2 pontos e também vou fazer IELTS em outubro, pra eu poder mandar pelo menos os tais 5 pontos que o BIQ me pediu pra ir pra entrevista..

A sorte foi lançada, agora é aguardar 30 dias pra ter a resposta do BIQ.

PS: não sei se coloquei tudo com detalhe ou idêntico ao que aconteceu. Qualquer dúvida, só deixar um comentário que respondo..
Obrigado a todos pelas energias e pensamentos positivos.

domingo, 21 de setembro de 2014

Abóboras

O outono está chegando, e junto ao dia do halloween vem a temporada das abóboras. É sem dúvida um dos vegetais que mais gosto e não pude perder a promoção do mercado IGA.  Comprei todas as abóboras que ainda não experimentei (disponíveis). Essa semana todas as abóboras estão por 99 cents a libra(quase meio quilo).

sábado, 16 de agosto de 2014

Bixi 2

                É isso aí pessoal. Nosso único arrependimento foi não ter assinado a Bixi antes. Em menos de 2 dias, já pedalamos 15 Km, e vamos pedalar mais.  Até tiramos uma pausa para parar na Canadian Tire para comprar os capacetes. Tbm paramos p tirar umas fotinhas. =P

À Bientôt mes amis...








quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Parc Jean Drapeau e "novidades". [Felipe e Fernanda]

              Enfim, terminamos a francisação. Passamos uns dias no ócio e agora estamos procurando o que fazer. Devemos procurar um trabalho Part-time e estudar até recebermos o OK da ordem dos enfermeiros. 
De qualquer maneira, durante esses dias que não estivemos fazendo nada, demos umas voltar por Montreal. Segue as fotos. (acredito que começarei a postar mais vezes, pois com dinheiro, irei passear mais e registrar os momentos aqui)
























terça-feira, 12 de agosto de 2014

Lista de coisas a estudar

Visto que meu TCF-Q de setembro já está marcado e agora não tem mais volta, como se eu tivesse opção de voltar atrás, fiz uma lista de coisas a serem estudadas.
Só pra entender como estou fazendo: estou estudando todos os dias um pouco de francês e fazendo aulas via Skype aos sábados e para aumentar meu vocabulário, separei alguns tópicos que lembrei agora pra poder pesquisar as principais palavras, formar frases, pesquisar videos e leituras sobre estes assuntos, tudo pra me preparar pra prova de setembro A lista é pequena, mas acredito que um assunto vai puxando o outro e quem quiser dar opiniões de assuntos relevantes, que poderão agregar valores ao camarote ao TCF-Q, fiquem a vontade.  E não esqueçam de curtir a nova página do facebook deste blog: Diário Imigrante

·         Características físicas e psicológicas das pessoas
·         Meio ambiente
·         Cultura de diferentes países
·         Poluição
·         Política
·         Esportes
·         Redes sociais e mídias em geral
·         Animais
·         Trabalho
·         Estudo (escolas em geral)
·         Mundo dos Famosos ( não sobre os famosos, mas sobre suas rotinas)
·         Nosso país de Origem
·         Problemas mundiais.
·         Entrevista de emprego

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

45000 visitas e uma novidade do blog

Pois é pessoal, o número não é lá grandes coisas, mas chegar em 45.000 visitas um blog que ultimamente não está trazendo muitas novidades devido eu ainda morar por aqui no Brasil, pra mim é ótimo, pois não imaginava que eu chegaria nesse número, muito menos que teria "disposição" para continuar escrevendo, ainda mais em tempos meios desanimadores, como esse que estou vivendo.
E pra poder "comemorar" esse número resolvi criar uma página no Facebook do meu blog, pra poder abranger uma quantidade maior de pessoas. Tenho uns projetos ai pra quando meu processo passar pra fase federal, então, até lá, vou procurar colocar na página as mesmas coisas que eu postar aqui no blog, ou se tiver algum conteúdo de relevância, por lá fica até mais fácil também.

No mais, hoje fiz minha inscrição pro TCF-Q, para as 4 competências. Agora não tem mais volta, é continuar me preparando e arrancar uma nota satisfatória para a imigração.

Meu povo, me ajudem aí com a página curtindo e comentando lá também!!!


À bientôt...

segunda-feira, 28 de julho de 2014

1 mês de sumisso

Um mês sem aparecer por aqui devido ao evento : falta de novidade.
Apenas estou por aqui pra dizer que ainda estou vivo. É difícil administrar um blog ainda estando por aqui sem ter novidades pra contar, pois minha vida se resume em : trabalhar, viajar a trabalho, estudar francês e trabalhar um pouco mais. Estou com uns projetos aí, que se der tudo certo, daqui uns tempos estarão por aqui no meu blog.

No mais, estou focado no Francês estudando todos os dias e fazendo aulas via Skype...

Até a próxima...

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Nouvelles (acho que boas)

Bom mes amis, depois de todas as notícias que nosso querido BIQ tem me dado, comentei no último post que eu estava enviando e-mails diários para ele até que me respondesse e para minha surpresa, ontem, após o terceiro e-mail eles me responderam.

A primeira pergunta que eu tinha formulado for o porque eu não ganhei 8 pontos de experiência de trabalho se eu enviei documentos de 2004 até 2013. E para minha surpresa: minhas experiências desde a data do envio do meu dossiê até 5 anos pra trás somam 45 meses e por 3 meses eu não ganhei estes 2 pontos.
A segunda pergunta foi sobre o tempo do TCF-Q, que será em setembro e pedi o BIQ mais tempo pra enviar um novo dossiê. O BIQ me deu 180 dias e tenho até dezembro pra enviar novos.

Encaro isso como boas novas, visto tudo que andou acontecendo, pois agora tenho um bom prazo pra enviar meu exame. O bom nisso tudo é que ficou bem claro sobre a experiência e meus planos são os seguintes:


  • Enviar um novo TCF-Q que se Deus quiser conseguirei B2/B2
  • Enviar minhas experiências de trabalho de 2013 até hoje, para que eu consiga esses 2 pontos
  • Enviar IELTS pra ver se consigo 1 ponto em cada competência ou coisa parecida.

Pelo menos estou mais tranquilo agora com a questão do tempo de envio dos meus "novos" documentos. Continuarei estudando o Francês e também o Inglês, pra poder conseguir a maior pontuação possível. Regredi um passo no meu processo,confesso, mas espero poder avançar uns 3 quando tiver meu TCF-Q e IELTS em mãos. Tudo no tempo de Deus...

terça-feira, 24 de junho de 2014

Desanimo com esse BIQ

Bom mes amis..
Após todos os últimos acontecimentos em volta de meu processo, a coisa que me restou foi enviar e-mail todos os dias pro MICC e pro BIQ. Isso mesmo, estou literalmente incomodando eles todos os dias até me responderem, e responderem com uma resposta satisfatória e os meus dois questionamentos são os seguintes: porque o BIQ não me deu o total dos pontos no quesito Experiência Profissional sendo que eu enviei mais de 48 meses de experiência comprovada ( este pedi pro MICC revisar) e também sobre o próximo TCF-Q ser só em setembro e pedindo pro BIQ me dar mais tempo pra atualizar meu dossiê. Vou bancar o chato mesmo até que eles me respondam.
Enquanto isso eu estou estudando francês todos os dias, garrado no desenvolvimento de conversas, pois o que me sempre me deixa mais temeroso é a entrevista, apesar de eu ter achado a parte mais tranquila do meu TCF-Q quando fiz. Mas confesso, estou muito, mas muito desanimado com esse processo viu, foi um balde de água fria tudo que aconteceu, mas vamos seguir em frente.. Deus sempre sabe o que faz nas nossas vidas...

terça-feira, 17 de junho de 2014

Noticias boas e ruins

Mes amis...
Eu tinha postado em grupos do Facebook, mas vou atualizar aqui no blog também, porém por aqui vou contar de uma maneira mais reduzida.
Semana passada recebi um e-mail do BIQ dizendo que meu processo havia sido rejeitado porque eu não tinha mandado diploma de faculdade e tradução da certidão de nascimento. Na mesma hora, foi coisa automática, abri meu e-mail e mandei e-mail pro BIQ e pro MICC, dizendo que eu não aceitaria que me processo simplesmente fosse rejeitado depois de mais de 1 ano esperando, ainda mais pelos motivos que eles deram, que eram completamente errados.
O meu dia seguinte foi uma bosta, porque não teve como ser bom depois dessa desorganização dos mexicanos, mas neste outro dia recebi um e-mail do MICC e logo após do BIQ dizendo que meu processo foi reaberto para análise. O lado ruim é que eu estou sendo avaliado pelas regras novas, mesmo meu processo ter sido aberto com as regras antigas e pelas regras novas eu perdi 5 pontos porque meu TCF-Q foi com B1/B2 e eu preciso justamente desses 5 pontos pra ir pra entrevista.
Moral da história: vou ter que garrar firme no frances pra fazer outro TCF-Q em setembro e enviar pro BIQ. Até já enviei e-mail pro BIQ dizendo que a próxima data do TCF-Q aqui no Brasil é em setembro, pra ele poder me dar mais tempo, ao invés dos 90 dias que eles dão pra gente. Em contra partida, vou me preparar também pro IETLS, não muito focado no Quebec, mas também de olho em outras províncias...

Resumo: se hoje eu tivesse que dar entrada em um processo de imigração para o Canadá e eu tivesse mais grana, eu entraria no Federal de uma vez. BIQ brinca com nossos sonhos, BIQ chama a gente de idiota todos os dias que deixam de responder um e-mail ou analisar um dossiê, BIQ ri do meu tempo de do meu dinheiro quando faz essa merda confusão com nossos docs. Desanimado de Quebec.. se pra entrar no Quebec tá sendo essa desordem, imagino estando lá dentro...

sábado, 31 de maio de 2014

Acorda BIQ

BIQ, por favor, precisamos de novidades, queremos novidades, não aguentamos mais essa espera demorada sem sabermos o porque!!
Chuvas de CSQ's, entrevistas e envio de Federais, queremos muito essas palavras nos fóruns de imigração e nos grupos..
Quando você, Sr. BIQ me enviou e-mail pedindo documentos, fiquei até animado, mas já estou começando a desanimar novamente. Ainda bem que você não ganha $$$ por produtividade

domingo, 11 de maio de 2014

Motivação

Bom pessoal, enquanto o BIQ não resolve dar as caras com novidades sobre os documentos que enviei, resolvi fazer uma coisa mais besta do mundo, pra ver se me dá uma motivada: comprei 55 dólares canadenses. Isso mesmo.
Eu estava no aeroporto de B.H. esperando meu voo pra Bahia ( a trabalho, como sempre), olhei pro lado e vi a casa de câmbio e tinha um pessoal lá trocando alguns reais, daí resolvi fazer o mesmo. Peguei 55 dólares canadenses pra me dar uma animada nesse processo meio longo.
Sei que o aeroporto não é o melhor lugar para se trocar dinheiro, mas, eu fiquei satisfeito, já tenho minhas primeiras "menininhas" pra gastar em terrar geladas. Pelo menos já tenho a grana que me levará do aeroporto à casa onde vou ficar, já é um passo. Agora falta pouco, só guardar a grana pra me sustentar até ter um trampo, pagar aluguel, despesas fixas, despesas comigo mesmo, ônibus, metrô, comidas, aluguéis. Falta muito pouco heheheh



quarta-feira, 7 de maio de 2014

BIQ falou comigo hoje

Bom, não é uma notícia completamente relevante, mas, vamos lá:
Como todos devem ter lido antes, o BIQ me pediu uns documentos faltantes há mais ou menos 1 mês atrás, corri atrás e mandei assim que consegui. Como tudo comigo é meio complicado, na metrópole que eu moro não existe Fedex, então mandei mesmo via Sedex, como fiz nas outras vezes, que também foram um pouco problemáticas.
A exatos 22 dias atrás eu enviei os documentos e até hoje no site dos Correios nem no Correio do México meus documentos não acusaram recebimento no BIQ, ou seja, está vagando por ai. O que me preocupou desta vez é o meu prazo de 90 dias para enviar a documentação ou então meu cancelamento do processo.
Daí comecei minha saga:
1º :enviei e-mail pros correios do México perguntando sobre meu envelope. A resposta que eu tive é que eu teria que abrir uma reclamação com os correios no Brasil para que o Brasil verificasse com eles.
2º : como a primeira iria demorar uma vida, enviei e-mail para todos os contatos do BIQ que eu tenho avisando da minha preocupação com um print da tela de rastreio do Correio do México, explicando tudo. Nada de Resposta.
3º: enviei novamente o mesmo e-mail enfatizando minha preocupação por causa do prazo. Nada de Resposta.
4º: enviei novamente e-mail pro BIQ e mandei e-mail pra aquele endereço do MICC, o qualité, explicando o problema, mesmo sabendo que nao adiantaria de nada mandar pro MICC, mas eu queria mesmo era incomodar.

Resultado: o MICC me enviou e-mail bem rápido (como das outras vezes) explicando que se meu dossiê nao tivesse problemas administrativos e tal eu não teria nenhuma resposta por parte deles, mesmo eu tendo questionado o porque do BIQ demorar demais a nos responder um simples e-mail com uma simples resposta de recebido ou não, uma vez que eu estava preocupados com documentos ORIGINAIS que estavam no envelope. Pra minha surpresa, mais ou menos as 20h00 o BIQ me respondeu, não sei se teve alguma coisa sobre o envio do e-mail pro MICC, mas pelo menos me responderam com a seguinte mensagem:



Bom, pelo menos me responderam e posso ficar despreocupado quanto a entrega dos meus documentos. Agora volto a esperar por outro e-mail, mas bem que eles poderiam ter aproveitado o ensejo e me avaliado, enviado CSQ pra minha casa, me dizendo que vou ser convocado pra entrevista, qualquer coisa. Mas tá bom, vamos reclamar não pois eles terem respondido já foi um avanço visto o histórico deles.

À bientôt...



sexta-feira, 2 de maio de 2014

Gastos médios mensais para um casal em Montreal e auxílios financeiros (período de adaptação)


Resolvi fazer esse post pois lembro que pesquisava muito sobre o quanto eu iria gastar quando chegasse aqui. Obviamente o consumo de uma família é muito relativo, vai depender do padrão de vida que você quer levar, do tamanho da família  e etc...


Tirarei por base um casal, que ainda está estudando o francês ou fazendo alguma equivalência para em um futuro próximo, trabalhar na sua área. Vale a pena lembrar também que existem bolsas cujo o imigrante pode recorrer para essa fase de transição, como: Prêts et Bourses (Para quem está fazendo algum curso em uma instituição reconhecida pelo governo), Aide sociale e o cheque do Micc para quem faz francisação.


Os auxílios: 


Prêts et Bourses: É parte bolsa e parte empréstimo e parte urso porco[south park mod off]. O governo financia (estilo FIES) o valor do curso e te da uma bolsa baseada na sua declaração de renda do ano anterior, pelo que pesquisei pode chegar à 840 dólares por pessoa/mês.  Site -->  http://www.afe.gouv.qc.ca/fr/pretsBourses/periodeAdmissibilite.asp


Cheque do MICC para o curso de francês: Todo imigrante trabalhador qualificado tem direito, você recebe o valor máximo de   460 dólares por pessoa para estudar francês em tempo integral no programa de francisação do MICC. Eles descontam os dias sem aulas, já vi relatos de pessoas que receberam por volta de 200 em um mês.

Aide sociale: Sobre essa ajuda, eu já vi vários haters brasileiros, talvez pela associação à famosa Bolsa Família. Segundo o Emploi Quebec, é uma bolsa destinada à pessoas desempregadas simplesmente pelo fato de não encontrarem emprego em suas áreas, que também não tenham alguma outra fonte de renda. Também destinadas às pessoas incapacitadas que não se aplicam ao seguro desemprego ou às pessoas que estão estudando em TEMPO INTEGRAL que não são beneficiadas do Prêts et Bourses, seguro desemprego e etc...



Obs: No Emploi Quebec eles aconselham a pegar essa bolsa em vez da do MICC (caso esteja fazendo francês), pois o valor é fixo e você ainda recebe o valor do OPUS enquanto estiver estudando. Valor vai de +/- 600 dólares para um solteiro e +/- 940 para um casal.  

Segue um artigo publicado pelo governo mostrando esse programa como fundamental para à integração do imigrante:




http://www.rlt.ulaval.ca/congres/congres66/documents/1-Benzakour-Lechaume_congresRI.pdf



Gastos:


Tirando o Prêts et bourses, acredito que seja impossível viver com os outros programas sem ter uma reserva de dinheiro.


Aluguel: 500 a 650 dólares um apartamento 2 1/2  (Quando for alugar é melhor sair pela rua buscando, buscar na internet não é melhor que na rua)



Mercado: 150 a 300 dólares, Isso é muito variável, se você for vegetariano como eu, você vai gastar menos. Recomendo buscar SEMPRE promoções em flyers antes de ir à um mercado. As promoções aqui são bizarras, e os descontos aqui chegam facilmente a 50% de um produto.  E lembre-se, em nome do pai, do filho, do Dollarama, amém....


Flyers:
Intermarché:  http://www.circulaires.com/Inter-Marche/?ville=Montreal

IGA: http://www.iga.net/fr/circulaire/

Metro: http://www.metro.ca/circulaire/index.fr.html

Maxi: http://www.circulaires.com/Maxi/



Opus card: 158 dólares para um casal.



Celular + internet: 80 a 120 dólares para um casal.  Se você pretende vir morar em uma metrópole, tem ter um plano de celular com internet que te permita usar o GPS, parabéns, eu já teria me perdido umas trocentas vezes.  




Esses são gastos básicos, sem contar lazer e imprevistos. Espero ter ajudado.



















segunda-feira, 28 de abril de 2014

Missão de Paris e Bruxelas bombante

Bom mes amis, estava vendo o link com a missão de Paris e Bruxelas e por lá vai bombar, mais de 130 vagas. Acho interessante a gente dar uma olhada nas vagas, preparar nossos currículos, afiar nosso francês e porque não, mandarmos meio que na "cara de pau" pra algumas? Se estamos bem preparados e nos consideramos um bom potencial pro mercado de lá, podemos deixar que eles conheçam nossos currículos. Vai que cola...

O link pra olharem é esse aqui: https://secure.manitou-psa.com/pages/qint/categorie-offres-demploi.html

terça-feira, 22 de abril de 2014

Documentos a caminho

Bom mes amis, um dia depois de eu receber as traduções, já tinha enviado meus docs via SEDEX pro México (porque a cidade que eu moro é tão boa que nem FEDEX tem) e só pra documentar, que até agora, dia 22/04/14 eles ainda estão a caminho.
Espero que não dê problema nenhum igual quando eu fui enviar meu dossiê em 2013, que ficou "perdido" no México por 1 mês.
Enquanto isso, tô atolado de trabalho: essa semana estou no RJ e na próxima também estarei, na seguinte vou para RE, na seguinte BA e na sequência RJ de novo. O bom é que o tempo passa sem eu perceber, ganho mais grana pra juntar pra ir embora dessa terra maravilhosa e penso menos na imigração, pois minha cabeça vai estar focada o dia todo no meu trampo.
No mais, sem mais...