segunda-feira, 29 de maio de 2017

Primeira vez: transporte público

Bom, mes amis.. Como hoje eu tava com o dia ocioso, resolvi ver na prática como funciona o transporte público daqui de Montreal.

Um monte de gente já me disse que depois que entendemos o que é "norte, sul, leste e oeste", fica tudo muito fácil, mas como eu sou uma pessoa que tem dificuldades com "direita e esquerda", resolvi ir lá no metro de atrevido mesmo e sair andando meio que sem direção.

Como todo mundo sabe, você precisa do cartão OPUS ou de comprar o bilhete e, sobre o bilhete, tem pra todas as necessidades da pessoa e você pode encontrar AQUI, clicando no lado esquerdo onde está escrito Tarifs.

Eu fiz o seguinte: joguei no Google Maps onde eu queria chegar e coloquei pra ver o trajeto de metro / trem.

Como eu ainda não tinha credito no cartão, fui à pé até a estação, peguei o metro da linha laranja e depois na linha verde. Parece simples: e é!!

Claro que eu errei de estação, mas como você só paga 1 bilhete e pode ficar zanzando lá dentro sem precisar pagar mais nada, não tem problema, sem falar que o tempo de espera entre um metrô e outro é menos que 5 minutos.

Eu não tô tentando, por enquanto, entender leste, oeste, norte e sul, uma vez que o Google Maps me dá o trajeto que tenho que fazer com PRECISÃO. Acredito que isso virá naturalmente.

Pra voltar, eu escolhi ônibus, então eu peguei o mesmo trajeto, tirei as opções metro / trem e fiz o mesmo. Ônibus aqui é bem rápido e o google ainda te fala qual ônibus pegar, horário e tal. NÃO TEM ERRO MESMO.


O aplicativo para celular Mon Transit é uma ótima, pra você acompanhar os horários dos ônibus / metrôs e se estão no horário/atrasado/adiantado. Recomendo.

Bom pessoal, é um post que não diz muita coisa, mas eu, Tiago, tava preocupado como seria me virar por aqui sozinho no transporte público e foi de boassa, sem neura. Até porque dentro dos metrôs e ônibus ficam uma voz falando todas as estações que vamos seguir, não dá pra errar.

Até!!!

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Documentos, banco e celular

Bom, mes amis.. Todo mundo que tá nessa vida de imigrar sabe muito bem o que temos que fazer assim que pisamos no Canadá, mesmo assim, vou listar aqui os passos que EU segui. Não sei se a ordem foi a certa (se é que tem alguma), mas pra mim funcionou. Então foi isso aqui:

NAS: assim que cheguei no endereço AQUI, já fui pra parte subterrânea (só pegar um lance de escadas rolantes) e quando entra no lugar, um guarda que fica direcionando o pessoal já me direcionou pra fila pra emitir o NAS, ou SIN(Social Insurance Number). A atendente me perguntou se eu queria atendimento em Inglês ou Francês, pegou o meu passaporte e a confirmação de residência, preencheu umas paradas no computador e pediu pra eu aguardar ser anunciado. Uma outra atendente me chamou e finalizou o atendimento, me perguntando apenas o nome da minha mãe (antes do casamento) e o nome do meu pai. Já saí de lá com meu SIN number em mãos. Detalhe: isso tudo durou 10 minutos no máximo.

Conta de Celular: fui na Fido e escolhi um plano e um aparelho que melhor se encaixava com o orçamento(CAD 69 mensais, 6GB internet, ligações e SMS ilimitados, voice mail e mais algum detalhe que não lembro agora) e já sai de lá com um aparelho novo e um número daqui.

Conta em Banco: como eu já havia dito neste post AQUI, eu havia iniciado o processo de abertura de conta estando no Brasil ainda e jpa havia feito transferência de um pouco de dinheiro. Havia agendado uma hora com a minha
gerente e a mesma fez todo o procedimento de finalizar a abertura da conta. Esse procedimento era me explicar sobre os cartões de débito e crédito, as taxas da conta, etc. O atendimento aqui foi todo em inglês (por minha escolha).

Assurrance maladie: assim que cheguei no endereço AQUI, fui para o terceiro andar e falei com o atendente o que iria fazer e o mesmo me deu a senha pra aguardar ser chamado. Depois de uma espera de uns 60 minutos (estava lotado), fui atendido. O atendente me pediu meu CSQ, passaporte, comprovante de endereço e a confirmação da residência. Depois desse atendimento, você vai pra uma outra sala e tira uma foto digital e paga CAD10,35 por ela.
Detalhe: nunca vi o pessoal contando essa parte, mas o comprovante de endereço que você precisa levar lá, tem que ser de alguma FATURA. Eu fui com o contrato do celular e não serve, nem contrato de aluguel. Tem que ser algo FATURADO com o seu endereço. O que foi feito: o senhor quem me atendeu me deu um formulário para que o locatário onde estou morando, ou alguem que more onde eu moro, preencha, assine e eu possa enviar via fax ou levar pessoalmente. Este formulário eu tenho bem mais de 1 mês para ir lá e levar, então, eu vou esperar a minha fatura do celular chegar no meu e-mail (ou pelo correio) e levar para que eles possam finalizar esta parte. O atendimento foi todo em francês.

Foi tudo isso... o dia rendeu bem, pois já resolvi tudo de uma vez e num único dia. Andar em Montreal com 13 graus, ventando muito e garoando, foi até "interessante".



quinta-feira, 25 de maio de 2017

Landing e primeiras impressões

Bom, mes amis.. tô cansado demais. O dia foi puxado, mas vamos ao que interessa:

Despedida: não vou nem comentar. É psicologicamente torturante e estressante.

Viagem Belo Horizonte - Guarulhos: nada demais, uma viagem nacional.

Eu nunca havia feito viagem internacional, porém, foi super tranquilo fazer o embarque internacional, sem grandes segredos.

Viagem São Paulo - Toronto: extremamente cansativa. Ficar 10 horas quase que na mesma posição, nessas poltronas que inclinam pouco e sem lugar pra colocar as pernas direito, é tenso. Mas sobrevivi. O serviço de bordo deles é muto bom, com jantinha e café da manhã e sempre os comissários passando e perguntando se queria algo.

Imigração: assim que eu passei na primeira "triagem" fui direcionado para a imigração, onde o atendente pegou a carta de residência, o passaporte, o endereço que a gente dá a eles pra enviar o documento. Como eu tinha ainda um outro voo e faltava menos de 1 hora pra ele, o agenda falou pra eu dar a finalização na imigração aqui em Montreal mesmo. Ah, detalhe: o agente só me perguntou quanto eu tava levando de dinheiro, se estava levando comida para animal, plantas ou sementes e se eu iria receber alguma bagagem a mais daqui alguns dias.

Viagem Toronto - Montreal: foi correria demais, demorei pra pegar a mala, foi demorado pra despachar de novo e foi demorado pra passar pra sala de embarque, tanto que o meu voo saía às 07:00 e eu entrei na aeronave as 06:50, mas no final deu certo.

Chegada em Montreal: peguei as malas e meus amigos Leandro e Maria e Claudio já estavam me esperando pra me trazer até meu apartamento.

Apesar da canseira que eu estava (e ainda estou), fui no dollarama comprar o básico pra se ter uma casa( colher, garfo, faca, coisas de banheiro, etc). Aliás, me deu vontade de morar dentro do dollarama, e olha que a loja aqui perto de casa é relativamente pequena.

Montreal despensa introduções, é muito lindo..

Eu vou fazer um post sobre o studio que aluguei estando ainda no BR, mas já adianto: eu gostei muito do que encontrei aqui, mas eu dou mais detalhes em um outro post.


quarta-feira, 24 de maio de 2017

Obrigado Brasil

Pois é, mes amis.. o dia de fazer o famoso landing chegou. Hoje estou embarcando para o Canadá, pra aquele lugar que eu imaginei que nunca iria embarcar, aquele lugar que era tão distante pra ir. Chegou.

Até o momento em que eu escrevo este posto eu tô bem tranquilo, com o coração em paz.

Foi algo muito bem planejado, muito bem pensado e muito bem executado, então isso tudo faz com que eu vá com a certeza de que é algo certo, seja pelo tempo que tiver que ser.

Pegue suas 2 malas de 32 Kg's, sua bagagem de mão, todos os medos ( porque têm medos sim) e embarque, vá, seja feliz, desbrave o mundo e busque você mesmo.

Não vai ter textão, eu só deixo um:  OBRIGADO BRASIL...


P.S.: assim que eu chegar eu deixo todos os detalhes do landing, moradia, bairro, etc..

sexta-feira, 19 de maio de 2017

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Contagem regressiva

Bom, mes amis

Estou em contagem regressiva e faltam exatos 7 dias para meu landing. O engraçado é que eu não me sinto ansioso. Tudo bem que estou tendo algumas dificuldades no sono, acordando a noite e tal, mas eu não estou igual aquele povo que fica "pirando" só de pensar na viagem, estou com o coração calmo.

A minha ansiedade é pra "acabar com isso de uma vez", esse clima de despedida em todos os lugares que eu vou, essas perguntações de como será a vida lá, se tenho emprego, se vou pra estudar ou trabalhar. Perguntas normais de quem está aqui, eu sei, mas ficar repetindo e repetindo, e algumas vezes, vendo o povo nos achar doidos por estar indo, vai dando uma cansadinha.

O que me deixa um pouco ansioso nessa mudança são as coisas básicas que tenho que fazer na chegada: fazer plano de celular, tirar documentos, andar de ônibus, essas coisas corriqueiras. Isso me deixa um pouco ansioso pelo fato de eu ter que resolver em um outro idioma. Mas é uma ansiedade boa, uma ansiedade que há 4 anos eu queria senti-la.


É isso, é mais um desabafo mesmo. À bientôt...

PS: uma mala já está pronta, a mala das "besteiras", mas isso é pra um outro post



quinta-feira, 11 de maio de 2017

Abrindo conta em banco ainda do Brasil

Bom, mes amis, como o título deste post diz, eu abri conta em um banco do Canadá ainda estando no Brasil e vou detalhar aqui como foi.

Esta abertura só vale pra quem já está com o passaporte em mãos com o visto. O banco é o Desjardins.

A primeira e única coisa a fazer é preencher um formulário no site deles neste link AQUI. Após o preenchimento e enviar as informações (ao final do formulário tem o botão Enviar), o procedimento está pronto e você receberá um e-mail em até 48 horas ( o meu demorou nem 2 horas) solicitando que seja enviado uma cópia do passaporte, uma cópia da carta de confirmação de residência e o endereço de onde você irá ficar no Canadá):


Eles devem fazer alguma análise (ou não) e após isso, você recebe um e-mail com informações sobre o sucesso da abertura (ou não):


Junto com o e-mail veio um documento anexo com as informações de número da agência e conta. A solicitação do endereço onde você vai ficar deve ser pra identificar qual agência você terá que comparecer pra confirmar os dados da abertura da conta, assinar formulários, pegar cartão de débito, coisas burocráticas.

Achei interessante que no e-mail, como vocês podem ver acima, eles falam que se quiser, você pode enviar um e-mail 2 semanas antes de chegar no Canadá pra marcar uma visita a agência pra finalizar todo o processo.

Já ouvi muitos dizerem que o Desjardins dá limites bem baixos no cartão de crédito para os recéns chegados ( CAD500), ainda mais se não tiver emprego, porém, eu quis já fazer uma conta estando aqui no Brasil pela facilidade de eu já poder realizar 1 transferência estando aqui ainda, dai eu já posso enviar a minha grana via TransferWise e já chegar lá com a grana em conta.

É isso, caso alguém tenha tido uma experiência como esta e quiser compartilhar, ou tiver algo positivo / negativo, fiquem a vontade.




terça-feira, 9 de maio de 2017

Moradia para os primeiros meses

Bom mes amis, como o próprio título do post já disse, aluguei um lugar pra chamar de meu nos primeiros 2 meses de Montreal.

Este studio eu achei por indicações de pessoas que já ficaram por lá e me disseram que pra começar é uma excelente opção, sem falar que já é mobiliado, o que me fará polpar uma grana no comecinho, até que o dinheiro volte a entrar e não somente a sair.

O link para vocês olharem é esse AQUI  e no próprio site deles vocês encontram as informações de quais studios estão disponíveis e suas datas, fotos, localização e demais informações. Eu aluguei um 1 1/2, mas tem opções maiores.

Os amigos meus que ficaram nestes studios me disseram que a região é muito boa, com muitas opções de lazer, comércio perto, que a vizinhança é bem tranquila e foram estas indicações de pessoas confiáveis (pra mim) que me fizeram pegar esta oportunidade.

No site tem um formulário que você preenche demonstrando o interesse e você coloca algumas informações sobre qual é o tamanho do studio que você deseja e após o preenchimento, você recebe um e-mail com as informações para que você possa aluga-lo.

O pagamento pode ser feito via transferência bancária ou cartão de crédito. Eu achei o preço bem atrativo por ser um studio já mobiliado (os preços estão AQUI)

No site informa que o aluguel começa todo primeiro dia e finaliza no último, porém a pessoa com quem fiz contato me autorizou a entrar no dia 25/05, que é o dia da minha chegada, pois o studio que aluguei já vai estar livre nesta data.

Foi como informei acima, o fato de pessoas de minha confiança já terem usado os serviços deste lugar e terem me recomendado, foi o que me fez alugá-lo, e pra ser sincero, não fiquei procurando e procurando outras opções não, pois vou deixar pra fazer isso estando pessoalmente em Montreal. Não quis pegar um airbnb ou procurar república, pode ser até cisma minha, mas quero um pouco de privacidade e este studio, com o preço que tá e o que me oferece, acho que pra 2 meses, tá ótimo.

Ah, detalhe: eu paguei 2 meses porque eles pedem pra deixar acertado o primeiro mês e o último e, se for interessante eu ficar lá, eu renovo por mais algum tempo.

Bom, espero que isso tenha dado a vocês alguma opção a mais e, assim que eu chegar lá, atualizo aqui no blog sobre as minhas impressões sobre o local / prédio / vizinhança, etc...




terça-feira, 2 de maio de 2017

Seguro viagem

Bom, mes amis, fechei o seguro viagem para os primeiros 3 meses no Canadá, para eu ficar um pouco mais tranquilo até o assurance maladie fique pronto.

Já vi pessoas que vão para algum país e não fazem este seguro por quererem economizar esta grana, mas ao meu ver isso é uma "economia burra", pois, se for preciso usar algum serviço médico e não tiver feito o seguro viagem, eu não tenho caixa pra pagar esta conta.

A profissional que eu fechei o seguro é a pessoa da imagem deste post, profissional bem atenciosa e super rápida nos procedimentos desta "venda". Não há muito o que dizer, apenas que eu solicitei um orçamento a ela e avaliei a opção que mais me interessou e pronto, passei os meus dados e tudo foi fechado.

Não cheguei a fazer N orçamentos pra avaliar qual seria mais barato e tal, apena havia feito um com o meu banco (Itaú) pra avaliar a diferença entre estes 2, o que não foi lá muito diferente.

Bom, não há muito o que dizer sobre, afinal, independente da empresa que fizer o seguro, vai dar meio que na mesma. Os pontos que tem que ser avaliados são o que o seguro cobre, valores e serviços, pra gente ver qual que mais se adéqua a nossa realidade.

À bientôt

terça-feira, 25 de abril de 2017

Passagem em maos

Pois é, mes amis
Passagens compradas e a data do meu landing será dia 25/05/17, isso mesmo, daqui 1 mês apenas.
Mas Tiago, qual o motivo de comprar a passagem com uma data tão próxima?
Segue:

  • não aguento mais o povo ficar me perguntando as mesmas coisas todo dia sobre o Canadá;
  • não aguento mais o clima de "despedida" em todos os lugares que eu vou;
  • não aguento mais ficar pesquisando valor de passagens;
  • não aguento mais ficar aqui sem trabalhar e apenas gastando grana;
  • não aguento mais ver que meu visto está no passaporte e ainda estou por aqui;
  • não aguento mais pensar que eu poderia estar me integrando com a sociedade do Canadá e não estou;
Sei que pra família e amigos é complicado, pois é uma felicidade diferente. A família não vibra com nossa ida, nossos amigos não vibram com nossa ida, ninguém vibra com nossa ida porque só se apegam ao fato de estarmos deixando todos aqui. Mas ninguém pensa que ficar demonstrando isso não nos ajuda em nada, não nos faz sentir amados nem nada e isso vem me machucando aos poucos. Estou tendo paciência com eles, claro, mas é o sentimento que eu tenho, o sentimento de que quero ir logo pra acabar de vez com isso e eu recomeçar minha vida por lá.


Agora é fechar o seguro viagem, apartamento e alguns detalhes de minha partida, como deixar procuração pra resolverem tudo no meu nome e vender a moto.
No mais, só um aperto louco que passa aqui dentro por estar deixando tudo pra trás..

As passagens, eu comprei ida e volta, saindo de Belo Horizonte - São Paulo - Toronto - Montreal e esse translado todo demorará 17h30m. Comprado no ViajaNet

À bientôt...